Conexão Manchete Fm ano 1989

Manchete Fm 89,3 Rio de Janeiro

 

30 minutos com o programa Conexão Manchete Fm em 1989, musica boa e no início muitas vinhetas gringas , bons tempos esse, vale a pena relembrar em como eram bons os programas da época, esses 30 minutos é com o o Dj Mark Guedes, o link abaixo é para ouvir ou baixar é só clicar :

 

Dj Mark Guedes Conexão Manchete Fm ano 1989

Bandeirantes Fm Band Dance 96,1 Casa Noturna Broadway

bandeirantes-fm 9,1kiss-fm-987

Trinta minutos de Band Dance nos 96,1 de São Paulo, com a Broadway, club classics , confiram , e mais tem uma sequencia com Tony Humphrie pela Kiss Fm 98,7 , programa esse que rolou no dia 29/12/1989 .

É só conferir nos dois links abaixo e boa viagem ao passado :

Club Classics  (Band Dance 96.1 Mhz) Broadway

Tony Humphrie Kiss Fm 98.7 New York Mastermix (29-12-1989)

Pool Fm 89,1 São Paulo a Melhor Radio de todos os tempos

 

 

 

 

Pool Fm 89,1 São Paulo,  ficou 1 ano e alguns meses no ar, transmitia da Praça Oswaldo Cruz 124 , 17º andar, teve muitos bons locutores , a nata da época, Edimir Rabelo , Pablo Pablo, Julinho Mazzei entre outros, programação voltada ao Dance Music, uma radio que desde o inicio em fase experimental ja prometia, foi uma grande perda a saida da radio do ar em pouquíssimo tempo, eu comecei a ouvir a radio e logo quase não mexia mais no botão da dial, deixou muitas saudades, abaixo algumas passagens desta rádio com o Julinho Mazzei comandando a programação entre 1984 e 1985, com vinhetas da famosa 92 ktu , viaje no tempo, em breve mais algumas viajens com o comandante Julinho Mazzei  no Onibus e no Avião ( Radio Flight)Avião)  e Lm Music(Onibus) .

Obs. alguns arquivos já fora postados anteriormente a tempos atrás , mas para quem não tem esta é a oportunidade .

Trecho Julinho Mazzei – Ya Mo Be Ther
Julinho Mazzei – Titãs – Óculos e Voz de Paco Navarro

Megamix com falha no estudio B Pool Fm Julinho Mazzei
Programação da Pool Julinho Mazzei (22min 59seg)1

Programação da Pool Julinho Mazzei 2 (28min 05seg)

Programação da Pool Julinho Mazzei 3 (29min 56seg)

Programação da Pool Julinho Mazzei 4 (27min 03seg)

Radio Cidade Fm 102,9 Rio de Janeiro Programa Quiet Storm

quiet Storm

Radio Cidade 102.9 RJ

Radio Cidade Fm 102.,9 Rio de Janeiro ,  postando uma série com 16 módulos de 30 minutos cada, tem propaganda e tudo mais, esses arquivos foram disponibilizados pelo Agenor Flores , as gravações foram feitas no ano de 1987 , programa esse de muito bom gosto e que hoje graças ao Agenor Flores estamos tendo o prazer de reviver ouvindo  e relembrando de como foram bons o radio dos anos 80 .

Por Agenor Flores :

O nome do programa é QUIET STORM, de julho de 1987,. Eu tenho umas 8 fitas da Rádio Cidade, mas com esse programa já enviei para vc. Estou gravando o restante e vou te enviando. Eu sempre cuidei muiiiito das minhas fitas, sempre guardadas em local seco sem luz. Note como a Rádio Cidade era muito boa, diversos programas, propagandas muito bem feitas. Já em 87, eles tinham um programa chamado Rádio Laser, coisa que na época pouca gente sabia. Note também o barulho das cartucheiras, muito legal. Para escutar essas gravações estou usando o Winamp, fazendo uma regulagem no equalizador fica muito bom.

Desde que postei meu comentário no seu blog, esse era o objetivo, compartilhar com várias pessoas umas gravações de fm feitas há muito tempo. Eu baixei todos os arquivos do seu blog, e sempre estou escutando. Tenho outras gravações mas com o tempo vou te mandando.

Excelentes gravações do Quiet Storm , programa esse que na Radio Cidade de São Paulo não tinha .

Radio Cidade Fm 102,9 Rio de Janeiro – 8 módulos de 30 minutos cada

Abaixo um pouco da história do Charme que foi esse programa Quiet Storm

Escrito por Claudinho DJ
Ter, 20 de Setembro de 2005 21:54

Devido a várias matérias que erradamente definem o surgimento do Charme, vou relatar um breve histórico de como surgiu o Charme no Rio de Janeiro, os responsáveis e qual a sua posição hoje, por quem vivenciou de perto do nascimento aos dias atuais. Bem vindo ao maravilhoso mundo do CHARME.
Antes de ser DJ, fui frequentador dos bailes do Grande Rio, começando bem jovem, saía com a turma para dançar. Em meados de l979, descobri o baile do Cessp na Rodoviária, onde tocava a disco music e o som da philladelfia (O’jays, Blue Magic, Harold Melvin). Em 1980 a equipe POP RIO DISCOTEQUE, a mesma que tocava no Cessp, estreiava no Sport Club Mackenzie no Meier, bairro vizinho onde morava. No comando das pick-ups Corello DJ, que tocava em seu repertório o estilo chamado Disco-Funk(Con Funk Shun,Bar Keys, Cameo, Kool& the Gang, Whispers). Junto a este leque musical, apareceram músicas com BPM (batidas por minuto) mais baixo que passaram a ser tocadas após a sequência de música lenta, onde Corello DJ dizia assim: “CHEGOU A HORA DO CHARMINHO, TRANZE SEU CORPO BEM DEVAGARINHO”. A cada baile esse espaço crescia e em pouco tempo tinhajos um baile só de Charme, o único no Rio de Janeiro.
Esse nome “CHARME”, passou a abranger todas as músicas de R&B que possuiam uma construção melódica definida(primeiro verso, segundo verso, bridge e coro). Paralelamente apareceram os CHARMEIROS que se baseavamm na elegância no vestir, no comporta mento exemplar e o gosto pelo R&B. Varios DJ’s aderiram ao estilo e passaram a tocar nos seus bailes, sets de charme como o Renascencia Club, Cassino Bangu, CCIP de Pilares, Grêmio de Rocha Miranda, até a equipe Furacão 2000 tinha o seu bloco de charme. Em 1984, surge a equipe Cassino Disco Club no Cassino Bangu com Corello DJ, mais a frente de volta ao Cessp e no Rosas de Ouro, nascia a equipe Só Mix- a n. 1 do Charme em l985 com a união dos DJ’s Corello e Fernandinho, dominando a cena Black da cidade com discos raros de dificil acesso. O templo do charme era o Gremio Recreativo Vera Cruz ou Vera como era conhecido no bairro da Abolição, extendendo-se ao Cine Show Madureira e Portelão.
O movimento teve ápice com as apresentações internacionais de Glenn Jones, Sybil, Curtis Hariston e Omar Chandller. Não posso deixar de citar o fajoso baile do Disco Voador em Marechal Hermes com os DJ’s Claudinho Careca e Orlando da Cassino Disco Club, que faziam a festa aos domingos, com a casa super lotada. No rádio, o charme entrou no ar em 1980, com o programa Trop Music na radio Tropical FM com o Dj Markão com as mixagens fenomenais, Robson França na locução e o DJ Marlboro na coordenação. Quase na mesma época, rolava o programa Rítijos de Boite pela rádio Mundial AM/860, diariamente a meia-noite (as mixagens eram meia-boca mais as músicas de primeira).
Em 1983 surge o programa Só Mix na rádio 98 FM, com Fernandinho DJ e suas mixagens mirabolantes, diariamente. Em 1984, Corello DJ estréia o seu programa na rádio Jovem Rio FM, o programa Mix Mania. A rádio Cidade FM-1029 teve sua participação com dois excelentes programas de Charme Cidade Quiet Storm apresentado por Kaká e o Night Fly, ambos dedicados ao estilo mais romântico do charme (quiet storm/slow jam). Vários outros programas foram voltados ao charme: O balanço da Manchete; Clube do Som; Special Charme; Som na Caixa na rádio Panorama; Laizer Mix e o Charme Pan com Fernandinho DJ, Soul charme com os DJ’S Artur e Pc; Black Beat teve duas versões. A primeira com Corello DJ aos sábados na FM 105 e a segunda com Loppy DJ na RPC durante a semana e para fechar Fernandinho DJ com Charme Pan e Corello DJ com o Seis e Dance.
Uma década depois, surge um novo conceito de baile de charme na cidade denominado HAPPY HOUR, onde a turma sai do “trampo” e vai curtir charme até as horas, quebrando assim a rotina da semana. Em Madureira, terra do samba, surge o projeto inovador e ousado “O Charme na Rua”, onde as pessoas curtiam Charme aos sábado de 22:00 as 05:00 da manhã sem pagar nada, com vários dj’s se revesando, hoje completando 15 anos de sucesso e com novo nome – Projeto Rio Charme. Vários points de Charme vem surgindo na cidade devido ao grande números de dj’s que representam o R&B. Corello DJ (o pai do charme), continua na ativa com o programa Soul Hip Hop aos sábado na 98 FM.
Enfim, esse é um pequeno resumo da história do Charme no Rio de Janeiro. Se deixei de citar algum momento importante, peço desculpas pois são duas décadas e meia resumidas em poucas linhas. Agradeço a todos os dj’s que abraçaram a causa e caminham juntos, unindo forças para o crescimento do R&B no Brasil, e não deixando de lado o R&B nacional pois tejos grandes nomes representando muito bem a Black Music, pode acreditar.

Até a próxima.

“Charme não é moda, é estilo de vida”

Claudinho DJ